terça-feira, 17 de março de 2009

POSIÇÕES PARA APLICAÇÕES

POSIÇÃO 4 -
COLOCAR AS MÃOS NA ALTURA DA CINTURA

No físico, harmoniza os músculos da cintura e a pélvis.
No emocional, esta área é ligada ao medo da per­da material e a incapacidade de
sustentação eco­nómica. No mental, alivia a tensão causada pelas preocupações do cotidiano referentes à sobrevivên­cia e posição social. No plano espiritual, conduz ao equilíbrio físico e mental.

Chakra de atuação: UMBILICAL (Swadhisthana).





POSIÇÃO 5 -
COLOCAR UMA DAS MÃOS NA ALTURA DO CÓCCIX E A OUTRA SOBRE A CINTURA

No físico, harmoniza a coluna vertebral. No emo­cional, age sobre as disfunções ocorridas com o fim de uma relação importante na vida da pessoa, possibilita a assimilação e a reestruturação, favo­recendo as relações com o exterior.
No plano mental, gera segurança nas atitudes, clareando a visão em relação às preocupações
da pessoa. Contribui também para o desbloqueio de interrupções no fluxo de energia, ou in­formações enviadas pelos centros nervosos do cérebro.
No plano espiritual, favorece o rompimento da barreira temporal, permitindo a abertura de comunicação ampla de consciência para tratar o passado.

Chakra: BÁSICO (Muladhara).




POSIÇÃO 6 -
AS MÃOS SÃO COLOCADAS SOBRE AS DOBRAS DAS PERNAS

No físico, atua sobre a circulação sanguínea das pernas, aliviando dores nas articulações dos joe­lhos. No emocional, os joelhos estão relacionados com a locomoção e a liberdade de movimentar-se de um lugar a outro. Os problemas desta área podem estar relacionados com conflitos ocorridos na adolescência que ainda não foram resolvidos, ao orgulho e à obstinação. No plano mental, permite a aceitação sem condenações ou auto-desvalorização.
No espiritual, reduz a influência do ego, ampliando a comunicação com o Universo.


Reikimore, Fidelidade no Reiki
32

Um comentário:

Vini disse...

Parabéns! Muito bom o seu blog.
Se me permite, gostaria de chamar a atenção para o facto das imagens 5 e 6 estarem trocadas, relativamente à explicação das posições.
Feliz Natal e Namaste!
Suelen